Voltar ao site

Deputados democratas, dos EUA, pedem proteção a Talíria e repudiam governo Bolsonaro

Um grupo de 22 deputados do Partido Democrata dos Estados Unidos divulgou, nesta quarta-feira (2), uma carta pública em solidariedade à deputada federal Talíria Petrone (PSOL-RJ), que vem recebendo seguidas ameaças de morte no Rio de Janeiro, e criticam as políticas “antidemocráticas e xenófobas” do presidente Jair Bolsonaro.

Na carta, os congressistas americanos mencionam o assassinato da vereadora Marielle Franco, em 2018, e ameaças contra o ex-deputado Jean Wyllys, que teve de deixar o país, e dizem que “líderes afro-brasileiros da oposição não têm recebido proteção adequada do governo brasileiro para garantir sua segurança”.

Deputados americanos democratas já vinham criticando diversos aspectos do governo Bolsonaro, principalmente em questões de direitos humanos e política ambiental.

A carta é liderada pela deputada Susan Wild e conta com apoio de deputados como Joaquin Castro, Alcee L. Hastings, Mark Pocan, Henry C. Hank Johnson, Alan Lowenthal, Deb Haaland (cotada para assumir o comando do Departamento do Interior no governo Biden), Raúl M. Grijalva, Ro Khanna, e Ilhan Omar.

Todos os Posts
×

Quase pronto…

Acabámos de lhe enviar um email. Por favor, clique no link no email para confirmar sua subscrição!

OK