Voltar ao site

Dossiê Mulher revela que a maioria das vítimas de feminicídio são negras

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Foi divulgado nesta quinta-feira (27/08) o Dossiê Mulher, feito pelo Instituto de Segurança Pública do Rio de Janeiro, que coleta dados sobre a violência de gênero no nosso estado. Ano após ano, nos surpreendemos com os números. 6662 mulheres foram vítimas de violência sexual no estado do Rio de Janeiro em 2019, o maior número nos últimos seis anos. Sendo que a maioria das vítimas era menor de idade.

Ano passado, foram 85 feminicídios, assassinato que ocorre às mulheres por sua condição de ser mulher. Quase 70% contra mulheres negras, dado que revela o racismo estrutural da nossa sociedade. A maioria foi morta pelo companheiro ou ex-companheiro.

65,9% das sobreviventes de estupro são meninas de até 14 anos. É absurdo o caso de crianças, em especial meninas, que sofrem abusos sexuais. O Dossiê ainda mostra que mais de 44% dos crimes de estupro de vulnerável foram praticados por pessoas conhecidas. É preciso dar um basta!

A cada mês de 2019, 10 mil mulheres sobreviveram à violência doméstica no Rio. Nenhuma mulher e menina merece viver uma vida de violência.

Todos os Posts
×

Quase pronto…

Acabámos de lhe enviar um email. Por favor, clique no link no email para confirmar sua subscrição!

OK