Voltar ao site

PSOL envia ofício ao STF para que investigue homens que usaram fardas militares para intimidar opositores do governo

Foto: Reprodução

A bancada do PSOL na Câmara enviou um ofício ao Supremo Tribunal Federal nesta quarta-feira (24.03) solicitando que o ministro Alexandre Moraes inclua no inquérito dos atos antidemocráticos a apuração do episódio em que bolsonaristas com roupas militares fizeram ameaças a opositores do governo Jair Bolsonaro.

No último domingo, homens fardados que se identificaram como integrantes da Brigada de Infantaria Paraquedista gravaram um vídeo em apoio a Bolsonaro na porta de seu condomínio no Rio de Janeiro.

"É mais um ato atentatório que busca mostrar as forças paramilitares que apoiam o presidente Jair Bolsonaro. Portanto, o ato aqui noticiado é absolutamente inconstitucional, ilegal e lesivo às liberdades democráticas", justifica a bancada no documento.

Para os parlamentares, a declaração "ameaça a vida dos militantes de esquerda e prega ruptura do sistema democrático através de um golpe de Estado".

Fonte: PSOL na Câmara

Todos os Posts
×

Quase pronto…

Acabámos de lhe enviar um email. Por favor, clique no link no email para confirmar sua subscrição!

OK