Voltar ao site

PSOL propõe comitê integrado contra a Covid-19 descentralizado do governo federal

Foto: Marco Santos / Agência Pará

A bancada do PSOL protocolou na noite de ontem (30/03) projeto de lei para criação de um comitê de gestão compartilhada de combate à pandemia do coronavírus. A ideia principal da proposta é reunir estados, municípios, especialistas e a sociedade civil em ações conjuntas, retirando qualquer protagonismo do governo federal.

O Comitê Gestor Interinstitucional do Plano Nacional de Combate à Covid-19 contará com representantes do Parlamento, Supremo Tribunal Federal, Butantan, Fiocruz, Anvisa, movimentos indígena e negro, além de governadores, prefeitos, secretários de saúde e governo federal. Importante destacar que o projeto limita que a coordenação do Comitê seja exercida pelo presidente da Câmara, do Senado ou do Supremo, ou um dos 27 governadores. Ou seja, impede que a presidência seja ocupada por alguém do governo de Jair Bolsonaro – o principal responsável pelo fundo do poço em que o Brasil se encontra.
Para a líder do PSOL, Talíria Petrone (RJ), a política de morte do governo Bolsonaro deixou o Brasil se tornar o epicentro da pandemia no mundo. “Atingimos o pior momento da crise, com cerca de 314 mil vidas perdidas. Mas Bolsonaro segue sem uma política que seja capaz de enfrentar efetivamente o problema. Por isso, entendemos que é urgente a criação de um comitê amplo, que sirva na contenção da doença no Brasil, na aceleração da vacinação e na redução drástica do número de mortos.”

Todos os Posts
×

Quase pronto…

Acabámos de lhe enviar um email. Por favor, clique no link no email para confirmar sua subscrição!

OK