• MULHERES NO PODER

  • O que Talíria defende para as mulheres?
     

    Mulheres devem estar no poder e no controle dos próprios corpos e não nas estatísticas de violência

     

    - Fortalecimento da rede de atendimento especializado a mulheres, especialmente nos casos de estupro e estupro corretivo de lésbicas;
     

    - Políticas específicas voltadas ao atendimento de mulheres com deficiência;
     

    - Campanhas federais de enfrentamento à violência contra as mulheres com foco no combate a mortalidade materna e ao feminicídio, e no fortalecimento das redes de proteção social;
     

    - Defesa direito da mulher as suas escolhas reprodutivas, com aumento na oferta de creches e licença parental (para o casal) e acesso a interrupção segura da gestação.